“O cântico do súcubo” ou A teimosa disputa do bem contra o mal (será?)

Start your engine! Com o Doutor e a TARDIS rumo à época de O cântico do súcubo, da Georgette Silen, para continuarmos bem a semana dela no blog As teimosias de uma dama.

Apenas uma frase colocou a vida de Frei Giacomo em perigo. Em pouco mais de sessenta páginas, a autora constrói uma história repleta de tensão, nos mostrando como apenas uma decisão desesperada pode virar a vida de uma pessoa do avesso. E que a ignorância definitivamente não é uma bênção. (Por isso, estudem muito.)

No começo, o protagonista de nome monástico, cujo real é Willian, está indo para um mosteiro em Brindisi para continuar seu trabalho como servo do senhor. No caminho, ele mostra sinais sérios de cansaço e toma um belíssimo tombo em razão disso, ficando com o joelho machucado e perdendo a água trazida consigo. Para ficar pior, a mula responsável por ser o transporte do frade dá A empacada e ele fica sem saber o que fazer. Bem meus amigos, a partir daí a autora constrói um tenso cenário onde o pobre Giacomo depara-se com um templo pagão.

A partir disso? Fatos muito cheios de tensão e expectativa e extremamente bem construídos para terminar uma primeira parte. Aparentemente com sucesso. A atmosfera nos mostra que aquele templo abrigou coisas muito cabulosas em um passado muito distante.

As coisas, porém, não são tão fáceis. O nosso pobre protagonista se mete absolutamente sem querer, ou nem tanto, na pior encrenca de sua vida e acaba acordando só Deus sabe quando no mosteiro para onde originalmente ele ia.

E com doses sérias de desespero, sangue e morte, Georgette vai mostrando muito explicitamente as consequências dos atos iniciais de Giacomo, que cada vez mais volta a ser Willian. E quando finalmente o fim da história chega, só restam lágrimas e um triste lamento que vai durar a vida toda. E isso é o que eu penso quando lembro da história. Não quero dar spoilers, mas garanto que vocês não vão se arrepender se lerem. Leiam, gente, sério.

Recomendo altamente essa excelente história curta. Vocês encontram esse livro por apenas quinze reais em várias livrarias do país.

Até a próxima. Tenho que correr. Preciso encontrar o poder do número três.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s