Os teimosos “Amores Perigosos”

Start your engine! E vamos dar partida no motor de Amores Perigosos, que me prendeu de um jeito que não teve como eu desgrudar até terminar. Juro que vou tentar não dar spoilers enquanto analiso, mas posso não conseguir evitá-los.

Novamente, temos Lucila e Clara. A “dupla dinâmica” envolvida em problemas do tamanho do globo terrestre. Clara tendo, de novo, mas dessa vez voluntariamente, o dom de se meter em confusão. E de ser INCRIVELMENTE estúpida enquanto isso. E claro, a Lucila tendo que resolver o problema. Embora eu tenha seriamente pensado que no lugar dela, teria feito algo parecido, mas com menos estupidez e com um plano melhor imaginado. (Vai ser ruim em armar plano lá na carochinha.)

O começo da história desencadeia a trama: Clara resolve impedir um vampiro de atacar uma garota. Ela acaba mexendo em um enorme vespeiro (quando eu digo isso, é um senhor vespeiro), despertando a ira do que viria a ser o vilão de todo o livro, Dário. Vamos lá, confesse seus crimes, boy! (Tokufã mostrando a cara parte II: Kamen Rider W.)

Lucila vem a descobrir a gigante estupidez que a Clara fez e agora tem dois problemas: se livrar do Dário e manter a amiga viva. Entre idas e vindas, muita coisa acontece, incluindo uma viagem à Itália. No belo país da pizza e dos grandes pintores, Clara acaba se apaixonando por um vampiro chamado Alberto, que, como descobri após terminar a leitura, foi um pintor que realmente existiu. Se quiserem saber, leiam Amores Perigosos e procurem pelo Google. Como eu disse, não vou ficar dando spoiler.

À medida que a trama vai avançando, Clara não apenas se apaixonou por Alberto. Antes, travou amizade com outro vampiro, o Hugo, que também se atrai por ela. Ainda, vamos descobrindo que Lucila literalmente tramou pelas costas da pobre Clarinha, que se vê emputecida das ideias com isso. E ao mesmo tempo, desejando o vampiro renascentista mais do que qualquer coisa e certamente agradecendo a nossa vampirinha pela viagem forçada. (Eu possivelmente faria igual. Ou talvez não.)

Lá no capítulo dez, e segue até quase o final, o que era para continuar tranquilo acaba ficando repentinamente muito ruim. Clara se vê obrigada a arriscar tudo para que alguém não pague pela estupidez dela. E após ver outra pessoa (spoiler) pagar quase com a vida pela mesma coisa, o problema acaba. Com o término, porém, vieram consequências, não as melhores. Isso porque pela segunda vez nossa muito amável protagonista resolveu agir, no caso usar de sinceridade excessiva, com estupidez. E mesmo depois dela ouvir certa história da boca da própria Lucila, ela ainda sim falou o que não devia. Depois dessa, eu decerto teria me enterrado em um buraco de tanta vergonha.

Durante esse percurso até perto do final do livro, descobrimos que Alberto foi responsável pela imortalidade da nossa mortal amiga Lucilinha. E os dois estão separados por motivos que decerto vão dar muito pano às mangas, ainda. (A “mestra” do Alberto apareceu em Amor Vampiro, no conto A flor do mal.) Apesar da Martha não ter dado mais pistas sobre a origem da Lucila, que devo dizer é apenas um pseudônimo, gosto do modo como a autora vai inserindo as informações. E eu tenho que esperar o terceiro livro, ou alguns mais, para saber de mais alguma coisa. (Martha, quando você vai continuar a história, for God’s sake?)

Confesso que eu não esperava alguns dos fatos que ocorreram no final. Fiquei até mesmo chocada com os mesmos, não imaginando o que o vilão tinha uma carta na manga. E que ela fosse justamente quem eu não esperava. Martha, de novo, e espero que assim seja muitas vezes, você me pegou desprevenida.

Decididamente, recomendo Amores Perigosos. Uma trama ótima, bem amarrada e maravilhosamente executada.

Até a próxima. Tenho que correr. Porque Klaus e os Vampiros Portenhos me esperam para mais uma rodada de histórias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s